quarta-feira, 26 de agosto de 2015


Tens o dom de ver estradas
Onde eu vejo o fim
Me convences quando falas
Não é bem assim
Se me esqueço, me recordas
Se não sei, me ensinas
E se perco a direção
Vens me encontrar

Tens o dom de ouvir segredos
Mesmo se me calo
E se falo me escutas
Queres compreender
Se pela força da distância
Tu te ausentas
Pelo poder que há na saudade
Voltarás

Quando a solidão doeu em mim
Quando meu passado não passou por mim
Quando eu não soube compreender a vida
Tu vieste compreender por mim

Quando os meus olhos não podiam ver
Tua mão segura me ajudou a andar
Quando eu não tinha mais amor no peito
Teu amor me ajudou a amar

Quando o meu sonho vi desmoronar
Me trouxeste outros pra recomeçar
Quando me esqueci que era alguém na vida
Teu amor veio me relembrar

Que Deus me ama, que não estou só
Que Deus cuida de mim
Quando fala pela tua voz
Que me diz: Coragem

Que Deus me ama, que não estou só
Que Deus cuida de mim
Quando fala pela tua voz

Que me diz: Coragem
Padre Fábio de Melo

5 comentários:

emanuel moura disse...

Como é maravilhoso ler os belos momentos do padre Fábio que emanam tanta paz e sabedoria ,que Deus ilumine sempre a nossa vida ,muitos beijinhos afilhada.

xunandinha disse...

Olá querida Evanir venho agradecer sua passagem e suas palavras no meu humilde blogue. gosto muito dos desafios da RÔ e tenho um carinho especial por ela ,e fico a gostar das pessoas amigas dela, eu faço artesanato variado,durante 10 anos fiz voluntariado numa escola perto de casa,beijinho

A Casa Madeira disse...

Oi Evanir a sala da paz vem trazendo um belo poema;
e de muita reflexão...
Obrigada pelas belas palavras lá na casa um blog se faz de pessoas;
adoro sua visita.
Bom começo de semana.
janicce.

Cia. De Teatro Atemporal disse...

Olá, Evanir;

Que poema lindo!

Me emocionei...

Fique com DEUS e que ELE te abençoe sobremodo!

Abraços da sua Cia. De Teatro Atemporal!

Clemente.

CÉU disse...

Olá, Evanir!

Como se encontra de saúde? Espero e quero k muito bem.

Ler textos, prosa ou poesia, do Padre Fábio de Melo é sempre mto agradável. Nos fazem pensar, e muito.

Deus é nosso Guia, nosso Pai e nos protege de noite e de dia.

Agradeço suas palavras lá no blog.

Beijos e boa semana!